Antagonista – por que gostamos tanto?

“Um Antagonista é quase tão importante quanto um protagonista. Na verdade, o protagonista só consegue ocupar tal posto porque existe o antagonista para lhe atazanar a vida.”

O que é um antagonista?

  • antagonista
s. 2 g.
1. Rival.
2. Contraditor.
3. Opositor.
4. Adversário.
Imagem (32)Drust de Eadgar e Ivan o Vermelho, TRUDY Painful Story. Mariana Petróvana.

      Um Rival é parte da ferramenta de desenvolvimento do caráter do herói. É aquele personagem que diferente de todos opta por um caminho supostamente obscuro que conflita com o do protagonista.  Suas ideias e convicções tem de ser tão bem boladas e amarradas quanto os ideais do próprio Herói.

E por que toda essa preocupação?

      Um bom antagonista mostrará vários lados da estória que o herói não teria como enxergar por si só, fazendo assim, o herói se questionar constantemente e crescer em seus pensamentos e opiniões.

      Um Rival, além de uma ferramenta de amadurecimento, é uma peça fundamental de superação. Pelo fato do antagonista estar sempre um passo a frente em seus planos, o herói precisa sempre se movimentar, batalhar e continuar seguindo seu caminho para alcançá-lo e ultrapassá-lo.

      Esse adversário formidável é como o próprio personagem principal, mas que, no início de sua jornada, fez escolhas diferentes – o que resultou num complexo e deturpado ponto de vista.

rostos - personagens básicos - Cinza

Leon Benedict e Vincent Kazimiers, M.A.D. Mariana Petróvana.

Um Antagonista se limita apenas a um vilão?

Tomemos alguns exemplos:

  •       Em uma estória romântica para garotas, o antagonista pode muito bem ser aquela garota com quem a personagem principal disputa capítulo a capítulo pelo garoto cobiçado, mas que, no fundo, é apenas uma garota insegura e persistente como a própria heroína.
  •       Ou o antagonista pode ser  aquele garoto briguento em uma estória infantil que, no final das contas, é apenas um garoto sozinho, sem amigos e tem inveja do personagem principal.

      A função desse personagem é criar a dinâmica necessária para que a estória possa fluir. Ele não é um cargo vitalício para vilania. Sendo suprimido ou exaltado, tudo depende do período em que a estória se encontra e do impacto que terá em suas aparições. Entretanto, com certeza, sendo o antagonista frequente ou não, ele estará sempre por lá.

E por que no final das contas acabamos gostando mais dos Antagonistas?

      Posso dizer que nem sempre nos sentimos os “protagonistas” de nossas vidas ou mesmo não temos aquela fibra intransponível e inquebrável que os heróis sustentam.

      Portanto, acabamos nos agradando destes Rivais que mesmo não tendo escolhido o melhor caminho, também não desistem, mesmo fazendo escolhas erradas, prosseguem. No final das contas, muitos deles passam a ideia de persistência e perseverança com mais solidez do que o próprio personagem principal.

Imagem (27)Miguel dos Santos e Roberto Souza, R.W. Mariana Petróvana.

É difícil criar um Bom Antagonista?

     Seguindo a mesma linha de necessidades vistas antes, além do perfil bem construído com suas características psicológicas, objetivos e habilidades, esteticamente algumas pequenas dicas são válidas:

  •      Equilíbrio de Preto e Branco – cor é um dos fatores mais fáceis de se observar. Como, por exemplo, construir os penteados de forma oposta ou alterar o comprimento de cabelo, cor dos olhos e da roupa. Em algumas estórias até as habilidades são opostas (Fogo/Água), (Força/ Velocidade), etc.
  •      Personalidades – geralmente alguns aspectos são opostos (Tímido/ Extrovertido), (Impaciente/ Paciente), (Desleixado/ Minimalista). Isso é um recurso usado com frequência que naturalmente irá gerar conflitos nos diálogos e nas situações adversas que o herói e seu arqui-rival enfrentarão.

Agora pense:

  • E como é seu antagonista? 

Espero que tenham gostado. Até uma próxima vez!

Salvar

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s