Resultado da Enquete de Popularidade

Então, mais um ano, mais uma enquete de quem é o personagem preferido de Eruvë no momento. A votação foi feita no grupo do facebook especialmente criado para discutir coisas da obra e para soltar os spoilers.

eruve 007

Com um total de 17 votos, com respeitáveis 7 votos e uma larga distância dos segundos colocados, Shinrou, o nosso espadachim errante sempre alvo de Bullying pelo seu tamanho e temperamento, arrematou o primeiro lugar. Diferente do ano passado, nossa protagonista, Diana, subiu uma colocação, empatando em segundo com o Killianh que desceu do seu trono. Em terceiro lugar, Alarniel desceu uma posição, mas se mantém no pódio, dividindo o espaço com o batedor élfico Adrian Keike.

Como prometido, vamos aos detalhes e informações sobre os personagens, na ordem de criação. O Shinrou foi o quinto personagem a ser criado: 1º Diana, 2º killianh, 3º ????, 4º ???? e 5º Shinrou.

eruve 004

Nome: Shinrou (não tem sobrenome);

Alcunha:  Pônei (por Diana e Killianh), Fogo Fátuo;

Raça: Humano;

Idade Aparente: 18 anos;

Idade Real: 29 anos;

Altura: 1,58m;

Peso: 65 kg;

Cabelos: Preto azulado;

Olhos: Preto (direito); Amarelo (esquerdo);

Pele: Amarelada bronzeada;

Natural: Continente Kiri, Região central;

Aniversário:  27/10/4336 (2835 N.R.);

Tipo sanguíneo: AB;

eruve 005
Shinrou tem barba sim! e fica parecendo ter a idade que tem.
Psicológico:

avarento, desconfiado, fiel, determinado, teimoso.

Shinrou parece uma pessoa fechada à primeira vista, mas é de sua natureza ser desconfiado por conta das experiências de vida. Ele sabe que não se deve estender a mão antes de saber se vai ou não ser mordido de volta.

No entanto, não é difícil conseguir a empatia do espadachim errante, honestidade é uma característica que ele preza bastante e pode ter certeza que se ele sentir que lhe deve alguma coisa, vai persistir até acreditar que pagou. Da mesma forma que aqueles que devem a ele vão pagar, porque ele não esquece.

eruve 005-2

Histórico:

Shinrou veio de um continente distante, encoberto em neblina, e quase impossível de se alcançar se a pessoa não é de lá ou se não se conhece o caminho exato. As pessoas do continente Rubro chamam genericamente de “lado oriental”, mas pela forte e constante névoa, o local é chamado de Kiri pelos habitantes nativos.

Não se sabe exatamente qual era a situação naquela região, mas 20 anos atrás, quando Shinrou era apenas um garoto de recém-feitos 9 anos, várias famílias vieram pelo mar e aportaram nas planícies rubras, na região central do bloco sul do continente rubro. Os registros dessa época não são muito precisos, mas sabe-se que houve vários surtos de doenças e de conflitos entre os recém-chegados e os habitantes locais.

Por causa desses conflitos os orientais são vistos com hostilidade até os dias atuais e muitos vivem de forma marginal ou em profissões não vinculadas a nenhum senhor de Cerco Regional. Shinrou teve muitas perdas ao longo de sua vida, hoje em dia vaga pelo continente Rubro em uma profissão quase esquecida que é de Espadachim Errante.

“Espadachim Errante” é uma classe de guerreiros reconhecidos pela Cidadela como profissão e sua principal função é caçar criaturas e monstros que assolam cidades e vilarejos. No entanto, a profissão quase foi extinta pelo baixo índice de aparecimento de tais criaturas nos últimos 500 anos. Não sendo vinculada a nenhum templo, reino ou senhor, os espadachins Errantes têm passe livre entre as fronteiras, mas dependem de trabalhos de caça para terem dinheiro, sendo proibidos de trabalhar em outras atribuições, mesmo que tenham conhecimento. A grande maioria deles ou não têm sobrenome ou dispensa o próprio sobrenome, para acentuar o fato de não estarem ligados ou relacionados a ninguém em especifico.

Estilo:

Como Shinrou era muito jovem quando aportou no continente Rubro, ele mantém poucos conhecimentos de sua terra natal, maior parte de sua forma de manejar espada foi aprendida no Continente Rubro.

Seu principal foco é luta contra múltiplos oponentes mais altos que ele, então sua maior habilidade está no uso do quadril e das pernas para se abaixar, saltar, chutar, escalar rapidamente. Os golpes são executados quase totalmente em balanço com sua espada de lâmina longa, prezando por golpes que maximizem os danos nos alvos e inutilize membros, ou deixe o alvo desacordado.

mix

 

Sobre a Criação de Shinrou:

Shinrou, à princípio, era para ser o cara forte que guardava e protegia a Diana, mas com o tempo a ideia se desconstruiu à medida que eu não queria que a Diana fosse protegida, mas que ela aprendesse a se proteger. Shinrou é um personagem que, apesar do temperamento teimoso, é maduro em relação ao modo de encarar problemas.

Sim, é claro que soa machista quando ele fala que Diana é inútil, mas isso vem de sua criação e é algo que ele vai desconstruir à medida que ele for se devolvendo na história e que ela for aprendendo, até que ele mude sua opinião sobre ela. O principal ponto que gosto de explorar no Shinrou é que ele encara tudo que faz com muita seriedade, se ele prometeu algo, vai cumprir, se prometeram algo para ele, vai cobrar.

No fim das contas, por ser um humano, com idade de adulto, ele tem uma visão e opiniões muito sólidas sobre as coisas, o que vai gerar bastante conflitos em relação a Diana e Killianh, e criar um pouco de dinâmica no trio. E o principal ponto que mudou no personagem é que se eu o via como um protetor, agora eu o vejo como um ponto de reflexão, ele não está lá para proteger a Diana, e muitas vezes, vai deixá-la se machucar propositalmente, por quê? Bem você vai ter de ler para entender melhor, mas pense que ele não faz por mal, ou por birra, mas simplesmente segue essa linha de pensamento: “não dá pra se proteger da vida, ela vai te acertar esteja você preparado ou não”.

shinrou_by_studiopbr-d7ias5o

Sistema de RPG

E bem, aqui está a ficha com informações baseadas no sistema de GURPS 3ª edição. Vou seguir o mesmo esquema de 3 vantagens, 3 desvantagens, peculiaridade e atributos que usei quando montei a ficha do Killianh, para não dar muitos spoilers.

ST – 14

DX – 16

IQ – 13

HT – 14

Vantagens:  Ultra Flexibilidade das Juntas, Reflexos em Combate, Noção do Perigo.

Desvantagens: Avareza, Senso de Dever, Honestidade.

Peculiaridade: Não tem senso de direção, tem uma cicatriz que pega rosto, peitoral e coxa esquerda, luta com a espada embainhada.

 

Lembrem-se de Apoiar Eruvë no Catarse! contamos com vocês! 

shinrou

Salvar

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Oi, adorei a iniciativa no Catarse.
    Em alguns meses estarei publicando meu quadrinho também, desenhado e colorido a mão.
    Boa sorte e tudo de bom!

    Curtir

    1. Studio PBR disse:

      Super obrigada! vá com força e foco no seu projeto, e nos avise pra que possamos apoiar também. ^^

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s